Reino de K@, 02 de Fevereiro, 15 anos de História

 

kleo - karina - klara - kassia - kyra - karol - kamila e kyran - kátia - kalena - karen - kalía - kmile - kris - karoly - kayana - kapitu - karmen - karísia - karla - kássia - kalini - kora - kamily - kalola - klara - kalissa - kalícia - kazua - kayla - kamaya - kandida - kadyne - kananda - kaíra - kalina - kaleska - kaneda - kaiara - kariane - kathy - katashi - kamila - klea - kamona - kazady - kairê - kaluna - kafira - kihara - kadija - kokah - katherine - kaciara - karmina - kamira - kalíope - klarissa - katucha - kaêda - kamires - kaori - kaylane - karila - kaliza - khamar - kahima - kálida - kalinda - kakau - kasira - katarina - kally - kassandra - kara - kika - kâmala - kiara - kalyne

 

L e i a +

Começou muito bem. Novas escravas chegaram ao Reino e não demorou a acontecer a primeira mudança de Classe de uma escrava. Era o primeiro passo para a consolidação do idealizado sistema hierárquico.

Realizei uma das minhas fantasias, o empréstimo de uma de minhas escravas a uma Rainha amiga.

Foi o ano da chegada da k11 ou décima primeira escrava do Reino. Lembro-me que nas conversas sobre qual Nick eu daria a ela e eu a provocava com a história que provavelmente seria a letra k, seguida do número de ordem de sua entrada no Reino. O motivo da provocação era para poupar-me do trabalho de ficar pesquisando nomes iniciados com a letra k, um dos elementos litúrgicos que uso e se tornou marca do Reino. No final, dei a ela o nick de kalía. Uma mulher inteligentíssima, uma escrava legítima, uma entrega sem igual, onde a sua história no BDSM se confunde com a própria história do Reino de K@.


  • Negrito
  • Itálico
  • Sublinhado
  • Stroke
  • Citação
  • Smileys
  • :confused:
  • :cool:
  • :cry:
  • :laugh:
  • :lol:
  • :normal:
  • :blush:
  • :rolleyes:
  • :sad:
  • :shocked:
  • :sick:
  • :sleeping:
  • :smile:
  • :surprised:
  • :tongue:
  • :unsure:
  • :whistle:
  • :wink:
 
  • 500 Caracteres restantes