Mitos e Verdades

Quem está chegando ao BDSM e não se questionou sobre que papel desejar viver? Ouviu dizer que o dominador pode tudo? Que as irmãs de coleiras são as maiores rivais? É natural que se escute várias histórias, mas nem sempre elas são verdadeiras. Conheça alguns dos mitos conhecidos na Comunidade BDSM.

 

A Sociedade tem preconceito contra praticantes de sadomasoquismo?
Verdade. Muitas vezes, por ignorar que o sadomasoquismo erótico se dá de forma muito distante daquele praticado pelas pessoas que tem transtornos.

 

 

Dúvidas quanto ao papel que se deseja viver são normais?

Sim. As motivações mudam dependendo do momento e da pessoa com quem se está relacionando. Nada impede de se experimentar viver o lado de quem domina e de quem é dominado.

 

O Homem é sempre dominador e a mulher submissa?
Não. Existem muitas mulheres Dominadoras e mais submissos do que submissas.

 

O dominador disse que é Mestre formado em Harvard. Isto é sério?
Pode até ter estudado lá e ser Mestre, mas o título não tem relação com o BDSM, pois em nossa comunidade não existe um órgão que confira um título a alguém. Cada um escolhe o que quer ser: Mestre, Doutor, Lord etc. Inclusive, no meio, é comum encontrar empresários, engenheiros, médicos, advogados entre tantas profissões, afinal não se faz necessário apresentar o diploma!

  

Sou submissa, tenho que tratar os outros dominadores por senhor?
Eu diria que é uma atitude elegante da submissa, desde que seja trata com respeito. Saber valorizar o papel escolhido para se viver numa relação é fundamental.

  

Ao iniciar, a escrava sabe os seus limites?
Os limites são descobertos no decorrer da relação. Eles existem e devem ser respeitados, embora muitas submissas sentem-se desafiadas ao vencê-los.

 

Estou conversando com um Dominador, ele pode me dar ordens?
A relação ainda não está estabelecida, portanto não há compromisso firmado entre as partes.

 

Toda escrava deve ser tratada da mesma forma pelo seu Dono?
Cada escrava é única e deve ser tratada de forma a atender aquilo que o Dono espera dela. Práticas prazerosas para uma escrava, pode não fazer o menor sentido para outra.

 

Um dominador pode tudo?
Não. Eu diria que muitos se consideram quase Deuses, mas ainda não o são! Deixemos que as coisas aconteçam dentro daquilo que ficou combinado. Ser submissa não é ser saco sem fundo. Tudo deve estar dentro dos limites dos envolvidos.

 

O Código de Segurança é mesmo necessário numa relação BDSM?
Sim! Mesmo conhecendo muito bem a submissa e sabendo a hora que deve parar, antes que ela possa usá-lo, ainda sim não custa nada combinar uma forma de parar a sessão, ainda mais quando está iniciando.



Não enviei fotos, não abri a webcam e nem dei a senha do meu email pessoal (para não falar do cartão de crédito... rss) quando o dominador mandou, não sou submissa?
Muitos pseudo dominadores usam esta desculpa para forçar uma situação. Senão estiver se sentindo segura, não tenha medo de recuar. Isto não fará de você menos submissa.

 

Tenho medo de uma prática, nunca conseguirei vivenciá-la?
A confiança numa prática vem da forma como a relação é conduzida. Limites existem e podem ser superados, respeitada a regra básica. Tudo deve ser consensual.

 

Irmãs de coleira são sempre as maiores rivais?
A maior rival de uma submissa, passa por não estar disposta a sair de sua zona de conforto.

 

Li num blog 10 dicas para me tornar uma excelente submissa. Estou pronta para ter um Dono?
Cada relação tem as suas motivações e regras. O que vale para um dominador, pode não fazer sentido para outro. Não se prenda tanto a estas dicas, deixe que o dominador determine como ele deseja que as coisas funcionem.

 

Toda relação BDSM tem que ter sexo?
Não obrigatoriamente. Neste caso vai depender do que ficou combinado e das motivações de quem domina.

 

Nas relações 24/7, a escrava fica o tempo todo fazendo tarefa ou sendo castigada?
Não. A escrava deve estar à disposição do dominador o tempo livre, respeitados os compromissos sociais, profissionais e familiares.

 

A relação D/s terminou. A submissa tem que encontrar o dominador para devolver a coleira?
Se a relação não faz mais sentido e perdeu o encanto, por que outro encontro real? Os envolvidos devem ter maturidade para terminar a relação da forma respeitosa, da mesma forma que tudo começou. Um encontro só vai gerar mais desgastes. Fique sossegada, os Correios tem um ótimo serviço de entrega.

 


  • Negrito
  • Itálico
  • Sublinhado
  • Stroke
  • Citação
  • Smileys
  • :confused:
  • :cool:
  • :cry:
  • :laugh:
  • :lol:
  • :normal:
  • :blush:
  • :rolleyes:
  • :sad:
  • :shocked:
  • :sick:
  • :sleeping:
  • :smile:
  • :surprised:
  • :tongue:
  • :unsure:
  • :whistle:
  • :wink:
 
  • 500 Caracteres restantes